Coordenação: Cassiano Maria Reimão
Área: Os Fundamentos Ontológicos da Experiência Humana

O projeto de investigação «Corpo e afetividade na Fenomenologia Material de Michel Henry» desenrola-se em torno de quatro grandes eixos temáticos: a) o primeiro aborda o pensamento de Henry a partir da sua contextualização histórico-filosófica, quer na tradição do espiritualismo francês (a partir de Maine de Biran), quer na tradição dos grandes clássicos da filosofia (em particular Espinosa), quer no interior do movimento fenomenológico (Husserl, Fink, Merleau-Ponty, Heidegger, Lévinas, Derrida, etc.); b) o segundo procede de uma investigação sobre os grandes temas da filosofia de Henry, tais como o corpo, os afetos, o estatuto da sensibilidade, o desejo, a relação intersubjetiva, a vida comunitária; c) o terceiro procura determinar o contributo específico de Henry para o movimento fenomenológico, nomeadamente investigando a validade e a pertinência de algumas transformações, por ele realizadas, nos conceitos-chave da fenomenologia clássica: intencionalidade, transcendência, passividade, hylé, etc.; d) o quarto, por fim, aborda as relações do pensamento de Henry com o cristianismo.